OLIMPÍADA BRASILEIRA DE MATEMÁTICA - OBM

A Olimpíada Brasileira de Matemática, ou OBM, é uma competição de matemática aberta a todos os estudantes desde a quinta série até universitários. Fundada em 1979, é desde então organizada pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM).

Em torno da competição, a SBM, em cooperação com o Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), elaborou um projeto que tem como objetivo empregar competições de matemática para melhorar a qualidade de ensino de matemática no país e descobrir talentos precoces para as ciências em geral.

Os níveis de participação

A OBM realiza-se anualmente em quatro níveis, de acordo com a escolaridade do aluno:

  • Nível 1 - para alunos matriculados nos 6º e 7º anos (antigas 5ª e 6ª séries) do ensino fundamental quando da realização da primeira fase da OBM.
  • Nível 2 - para alunos matriculados nos 8º e 9º anos (antigas 7ª e 8ª séries) do ensino fundamental quando da realização da primeira fase da OBM ou que, tendo concluído o ensino fundamental menos de um ano antes, não tenham ingressado no ensino médio até a data da realização da primeira fase da OBM.
  • Nível 3 - para alunos matriculados em qualquer série do ensino médio quando da realização da primeira fase da OBM ou que, tendo concluído o ensino médio menos de um ano antes, não tenham ingressado em curso de nível superior até a data de realização da primeira fase da OBM.
  • Nível Universitário - para alunos que ainda não tenham concluido o curso superior (normalmente estudantes universitários em nível de graduação, podendo ser estudantes de qualquer curso e qualquer período).

As fases da OBM

Para os Níveis 1, 2 e 3, a OBM realiza-se em três fases. A primeira fase é realizada no primeiro semestre, a segunda e a terceira no segundo semestre. Para o Nível Universitário, a OBM é realizada em duas fases, ambas aplicadas no segundo semestre, coincidindo em dia e horário com a segunda e terceira fases dos níveis 2 e 3.

As datas são fixadas anualmente pela Comissão de Olimpíadas da SBM.

Estrutura das provas

Níveis 1, 2 e 3

Primeira fase

Uma prova de múltipla escolha com 20 a 25 questões com duração de 3 horas.

Segunda fase

Uma prova realizada nas escolas com duração de 4 horas e 30 minutos.

Terceira fase
  • Nível 1 - Uma prova discursiva com 5 problemas com duração de 4 horas e 30 minutos.
  • Níveis 2 e 3 - Duas provas discursivas realizadas em dois dias consecutivos com 3 problemas em cada dia com uma duração de 4 horas e 30 minutos por dia.

Nível universitário

Primeira fase

Uma prova discursiva com 6 problemas com duração de 4 horas e 30 minutos, aplicada no mesmo dia e horário da Segunda Fase dos níveis 1, 2 e 3.

Segunda fase

Duas provas discursivas realizadas em dois dias consecutivos, com 3 problemas em cada dia com duração de 4 horas e 30 minutos por dia, aplicadas no mesmo dia e horário da Terceira Fase dos níveis 2 e 3.

A pontuação final

Níveis 1, 2 e 3

A pontuação final dos alunos que participarem das três fases será feita pelas bancas atribuindo-se um ponto a cada questão da primeira fase, 10 pontos para cada problema da segunda fase(quatro para algumas) e 50 pontos para cada problema da terceira fase. Fica estabelecido que a promoção para a terceira fase levará em conta os pontos acumulados nas duas primeiras.

Nível universitário

A pontuação final dos alunos que participarem das duas fases será feita pelas bancas atribuindo-se 10 pontos a cada questão da primeira fase e 50 pontos para cada problema da segunda fase. Fica estabelecido que a promoção para a segunda fase levará em conta os pontos acumulados na primeira fase.

Os prêmios

São oferecidos prêmios aos alunos que obtiverem as melhores pontuações finais. Esses prêmios são chamados de Medalhas de Ouro, Medalhas de Prata e Medalhas de Bronze e as quantidades de medalhas oferecidas atenderão aproximadamente a proporção 1 : 2 : 3.

São oferecidas Menções Honrosas a critério da banca.

A Semana Olímpica

A Semana Olímpica é uma atividade que vem sendo realizada desde 1998, destinada a reunir os alunos premiados na Olimpíada Brasileira de Matemática, estes alunos participam de um treinamento intensivo junto a uma equipe de professores de diversas partes do país, cuja finalidade é dar início ao processo de seleção das equipes que irão representar o Brasil nas diversas competições internacionais de Matemática. Como a Olimpíada Internacional de Matemática e Olimpíada Iberoamericana de Matemática.

Durante a Semana Olímpica além do treinamento os estudantes têm a oportunidade de conquistar novas amizades, iniciando um relacionamento extremamente proveitoso com outros jovens da mesma faixa de idade e com interesses semelhantes.

Na Semana Olímpica realiza-se também a primeira reunião anual da Comissão de Olimpíadas da SBM que permite avaliar as Olimpíadas de Matemática do ano anterior e planejar a próxima Olimpíada Brasileira de Matemática.

Fonte: Wikipédia, a enciclopédia livre.


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!